caldeira a biomassa

Caldeira‌ ‌a‌ ‌biomassa‌ ‌e‌ ‌sua‌ ‌importância‌ ‌na‌ ‌cogeração‌ ‌de‌ ‌energia‌ ‌

Considerada a terceira fonte energética mais utilizada no Brasil, com quase 10% de toda a matriz energética nacional, a biomassa rapidamente ganha espaço no país, principalmente na área de cogeração de energia a partir da utilização da caldeira a biomassa.

A cogeração é caracterizada pela produção simultânea, e de forma sequenciada, de duas ou mais formas de energia a partir de um único , sendo a biomassa um dos mais adotados, devido às muitas qualidades.combustível

Diante disso, é importante entender porque o Brasil tem um potencial em processos relacionados à cogeração de energia, assim como as principais vantagens dessa estratégia. 

 

Caldeira a biomassa: excelente potencial na matriz energética brasileira

O Brasil tem um excelente potencial na produção de energia realizada através de diferentes combustíveis queimados em uma caldeira a biomassa. Mas as propostas de modernização do setor, principalmente quanto à cogeração de energia, estão estimulando estudos e novos investimentos na área. Prova disso é que muitos especialistas acreditam que o mercado possui um potencial para crescer em até 60% nos próximos anos.

Assim, segundo o Atlas de Energia Elétrica do Brasil, produzido pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), a matriz brasileira de biomassa é baseada em:

  • Matéria florestal (madeira, principalmente); 
  • Matéria agrícola (soja, arroz e cana-de-açúcar, entre outras); e 
  • Rejeitos urbanos e industriais (sólidos ou líquidos, como o lixo)

Diante disso, dados da EPE (Empresa de Pesquisa Energética), vinculada ao Ministério de Minas e Energia (MME) indicam que o sistema de cogeração, a partir da biomassa, é responsável por 8,2% da energia elétrica consumida no Brasil. Em escala mundial, a média é de apenas 2,3%.

 

Entendendo o processo de cogeração de energia

Como ressaltado anteriormente, a cogeração de energia é um processo destinado à transformação de uma única forma de energia em mais de uma forma útil que pode ser elétrica, mecânica ou de tração. Mas você sabe como a cogeração acontece?

O princípio básico da cogeração é relativamente simples e se assemelha àqueles processos onde se empregam turbinas a vapor, no caso das máquinas térmicas.

O processo de cogeração consiste no uso da caldeira a biomassa para a queima do combustível com consequente geração de vapor. A partir da alta pressão e saturação do vapor, uma turbina acoplada a um gerador começa a girar, permitindo que a máquina elétrica gere energia e abasteça eletricamente a unidade industrial. O excedente, por sua vez, será exportado através de uma subestação conectada ao sistema elétrico.

Calculadora da eficiência da caldeira indCalculadora da eficiência da caldeira industrial | COONTROLustrial | COONTROL

O vapor proveniente da rotação da turbina sai em baixa pressão, podendo ser utilizado no aquecimento do caldo ou no processo de destilação através de uma turbina de contrapressão.

Esse sistema possui ainda a turbina do tipo condensação, que condensa o vapor que sai do efeito de rotação da turbina em um condensador acoplado abaixo dela, fazendo que o vapor seja condensado e possa ser reutilizado.

Posteriormente é rebombeado para o balão da caldeira, completando o ciclo fechado do vapor.

 

Importância da caldeira a biomassa dentro da cogeração de energia

Como apresentado sobre o que é a cogeração, é perceptível entender que toda caldeira a biomassa tem papel essencial. Ela é a grande responsável por transformar a biomassa em energia térmica, que será posteriormente utilizada com finalidade de gerar  energia elétrica para o mesmo processo industrial. 

Além disso, os ganhos tecnológicos na área de cogeração associados a melhora da medição rapidamente avançam em indústrias, fazendo com que a queima do combustível na caldeira a biomassa seja ainda mais eficiente e produtiva.

Dessa forma, dentre as vantagens da cogeração de energia associada ao uso de uma caldeira a biomassa, vale destacar:

  • Alta competitividade, principalmente ao reduzido custo de produção, transmissão e distribuição de energia;
  • Redução das emissões de gases do efeito estufa. Principalmente devido ao fato de a caldeira a biomassa realizar a queima de um combustível renovável e sustentável;
  • Facilidade de transporte e manuseio;
  • Maior capacidade de geração de emprego e renda, principalmente com benefícios econômicos associados à região produtora;
  • Permite a oferta de mais um produto, essencialmente dentro do setor sucroenergético, elevando a competitividade do setor.

Diante destas vantagens, buscar o melhor aproveitamento da biomassa torna-se uma necessidade. Isso exige que o monitoramento das caldeiras seja aprimorado em todas as vertentes, tendo na automação, análise e diagnóstico de caldeiras uma necessidade recorrente dentro do meio. 

Vale lembrar, tais serviços são realizados pela equipe técnica da COONTROL com a máxima eficiência e qualidade.

Quer saber mais sobre esse tema? Então te convidamos a ver quais são os conceitos fundamentais da cogeração de energia.

 

Avalie este conteúdo

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.