tipos de combustriveís usados em caldeiras

Conheça os tipos de combustíveis utilizados em caldeiras

Toda caldeira é um equipamento cuja função principal é a produção de vapor que terá seu uso em diversas utilidades dentro do processo industrial. Para a realização deste processo, diferentes serão os tipos de combustíveis utilizados em caldeiras.

É importante saber que cada um desses combustíveis permitirá um desempenho específico, que poderá variar de acordo com a variedade da caldeira utilizada, além da necessidade de produção.

Dentre os principais tipos de combustíveis é possível citar o gás natural, o gás GLP e a biomassa, sendo esse último o responsável por permitir um desenvolvimento mais sustentável das indústrias.

Saiba mais sobre os principais tipos de combustíveis utilizados em caldeiras e veja porque a biomassa vem sendo um combustível importantíssimo, com grandes apelos em sustentabilidade.

[catálogo] Baixe nosso material e conheça toda nossa linha de equipamentos como analisadores de gases, sistemas de medição e monitoramento instantâneo dos indicadores de processo, todos voltados para a entrega de eficiência energética a indústrias. | COONTROL

Principais tipos de combustíveis utilizados em caldeiras

Existem, basicamente, três diferentes tipos de combustíveis utilizados em caldeiras: os sólidos, os líquidos e os gasosos, estes se apresentam em diferentes formas comerciais e suas eficiências variam conforme a necessidade.

Combustíveis líquidos

Os combustíveis líquidos podem ser minerais ou não minerais. Os minerais são obtidos basicamente pelo processo de refinação do petróleo, resultando em gasolina, o óleo diesel e o óleo combustível. Os combustíveis líquidos não minerais são representados pelos álcoois e os óleos vegetais.

Mesmo tendo sua adoção reduzida em razão do preço, que tem se elevado, os óleos combustíveis são ainda os principais produtos utilizados em caldeiras industriais.

Óleo Diesel

Este é um combustível derivado do petróleo, constituído basicamente por hidrocarbonetos. É composto, principalmente, por carbono, hidrogênio, e em baixas concentrações, por enxofre, nitrogênio e oxigênio.

No caso de indústrias, devido a seu alto custo, o óleo diesel não é usualmente utilizado em fornos e caldeiras, mas pode ser empregado em geradores de energia.

Óleo Combustível

Largamente utilizado na indústria para aquecimento de caldeiras, o óleo combustível é proveniente da destilação das frações do petróleo, designadas de modo geral como frações pesadas, obtidas após vários processos de refino.

A composição dos óleos combustíveis é bastante complexa, dependendo não só do petróleo que os originou, como também do tipo de processo e misturas que sofreram nas refinarias.

Combustíveis gasosos

Os combustíveis gasosos também podem ser minerais e não minerais. Os combustíveis gasosos com uso mais comum em caldeiras são o Gás Natural e o Gás GLP (gás liquefeito de petróleo).

Gás natural

O gás natural é um combustível encontrado na natureza, caracterizado por uma mistura de hidrocarbonetos leves que, à temperatura ambiente e pressão atmosférica, permanece no estado gasoso.

Este é um gás inodoro, incolor e que oferece uma queima mais limpa do que os demais gases, além de boa eficiência em sua queima e rendimento térmico.

Calculadora da eficiência da caldeira indCalculadora da eficiência da caldeira industrial | COONTROLustrial | COONTROL

Dentre as vantagens desse tipo de combustível utilizado em caldeiras, pode-se citar:

  • Alta flexibilidade;
  • Custo competitivo quando comparado a outros combustíveis;
  • Economia na geração de energia;
  • Não requer estocagem, eliminando dessa forma os riscos do seu armazenamento, sendo essa uma vantagem ambiental importante

Gás GLP (Gás liquefeito de petróleo)

Produzido a partir de uma mistura de hidrocarbonetos, o gás GLP é um combustível gasoso que possui alto poder calorífico, associado a um baixo impacto ambiental e facilidade de queima e armazenamento.

Pode ser utilizado em diversos meios industriais devido a suas facilidades e características de aplicabilidade. Nas indústrias, o GLP é um combustível para caldeiras bastante interessante, principalmente devido às suas vantagens, que são:

  • Economia;
  • Geração de energia limpa;
  • Possui recipientes próprios para o armazenamento, facilitando o manuseio;
  • Alta facilidade de queima;
  • Menor gasto do combustível durante seus processos de queima.

Combustíveis sólidos

Na atualidade, os combustíveis sólidos são os tipos de combustíveis utilizados em caldeiras que mais crescem quanto ao seu uso industrial. Isso ocorre em razão do seu grande apelo ambiental, visto que são combustíveis ditos renováveis e sua alta disponibilidade.

A grande e mais importante representante de combustíveis sólidos que pode ser utilizada em caldeiras é a biomassa, que se apresenta em muitas formas e características, tais como os derivados de madeira e subprodutos da colheita da cana-de-açúcar, caso do bagaço.

Devido à sua importância para o atual contexto de sustentabilidade buscado pelas empresas, falaremos mais especificamente sobre a biomassa em um tópico específico desse nosso texto.

[catálogo-300] Sistema de Medição de Biomassa Peso + Volume + Umidade | Baixe Grátis | COONTROL

Biomassa: Combustível imprescindível e sustentável para caldeiras

Por muito tempo, a biomassa foi considerada, dentre os tipos de combustíveis utilizados em caldeiras, o combustível do futuro. Mas, tudo indica que esse futuro já chegou, visto que as diferentes formas de biomassa já são amplamente utilizadas em caldeiras, permitindo a geração de vapor com bastante eficiência.

Considerada uma fonte de energia renovável, o uso da biomassa permite que a indústria consiga produzir bom volume de energia emitindo uma menor quantidade de gases poluentes na atmosfera.

Devido à grande produção agroflorestal e condições climáticas favoráveis, as principais fontes de produção de biomassa no Brasil são o bagaço da cana-de-açúcar e os derivados de madeira (lenha, cavaco e briquete), indicando que o Brasil é um país privilegiado quando o assunto é a produção desse tipo de combustível.

Biomassa | COONTROL

Além da baixa emissão de carbono, os tipos de combustíveis utilizados em caldeiras derivados da biomassa ainda apresentam as seguintes vantagens:

  • Baixo custo para compra, principalmente quando comparado aos combustíveis fósseis líquidos e gasosos;
  • A maior parte do carbono produzido durante a queima da biomassa é absorvido durante o desenvolvimento do novo vegetal, sendo por isso considerada uma fonte energética pouco poluente;
  • Proporciona melhor custo x benefício.

Vale lembrar ainda que, quando optar pelo uso da biomassa como combustível em suas caldeiras, a indústria pode ainda adotar analisadores de gases resultantes da combustão que saem pela chaminé.

Ao adotar esses equipamentos, a indústria conseguirá reduzir o uso do combustível, além de conseguir redução de gases poluentes que saem pela chaminé, permitindo melhor otimização da queima da biomassa.

Quer saber mais sobre a biomassa usada como combustível? Então confira quais são os tipos de biomassa disponíveis no Brasil.

5/5 - (1 vote)

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.