Curiosidades da biomassa

4 curiosidades sobre a biomassa que você precisa conhecer

Os gastos com energia elétrica representam uma alta parcela dos custos mensais. Para aumentar a eficiência, o uso da biomassa como combustível para caldeiras é uma excelente alternativa.

De fato, a biomassa vem ganhando grande importância no cenário mundial, principalmente no contexto de transição, focada na busca por uma matriz energética mais sustentável.

Você quer saber mais sobre essa fonte energética mais sustentável, limpa e econômica? Então convidamos você a conferir 4 curiosidades sobre a biomassa!

Uso da biomassa na geração de energia: crescente e com muitas perspectivas

Desde 1970, o mundo enfrenta recorrentes crises do petróleo. Como consequência, os preços dos barris aumentaram e exigiram uma diversificação da matriz energética, com foco na sustentabilidade. 

Dessa forma, a biomassa se destacou a partir da década de 1980 e substituiu o óleo em muitos processos, inclusive caldeiras.

Assim, a biomassa oferece uma importante contribuição aos esforços globais na redução das emissões de gases de efeito estufa (GEE), especialmente por representar uma alternativa renovável em relação ao uso de combustíveis fósseis.

Para o futuro próximo, a tendência é tornar a produção de energia mais limpa e sustentável a partir da biomassa.

 

Faça o download deste post inserindo seu e-mail abaixo

Não se preocupe, não fazemos spam.

4 principais curiosidades sobre a biomassa

Principais curiosidades da biomassa

A busca pelo desenvolvimento sustentável guia as estratégias das empresas em muitos países. Por isso, muitas corporações estão substituindo os combustíveis fósseis por fontes energéticas renováveis.

Entretanto, essa é uma fonte energética que ainda enfrenta muitas dúvidas, principalmente quanto à sua disponibilidade, qualidade e eficiência energética

Consequentemente, há ainda algumas curiosidades sobre este biocombustível bastante interessantes e que exigem maior atenção. 

Confira a seguir as 4 principais curiosidades sobre a biomassa!

1. A biomassa possui 2 conceitos diferentes

O conceito de biomassa pode variar conforme a área que o aborda. Portanto, conheça as duas possibilidades de significado:

1° conceito – Biomassa para a produção energética: abrange os derivados recentes de organismos vivos, utilizados como combustíveis na geração energética.

Assim, a definição exclui os tradicionais combustíveis fósseis que, mesmo sendo derivados de matéria orgânica vegetal e animal, necessitam de milhões de anos para a conversão na forma que são encontrados atualmente.

2° conceito – Biomassa no ambiente ecológico: nessa definição, a pirâmide de biomassa representa a quantidade total de matéria viva existente num ecossistema ou numa população animal ou vegetal.

2. Fonte energética durável, renovável e sustentável

No conceito energético, o potencial de produção da biomassa é muito grande, principalmente em decorrência da adoção de estratégias de manejo, como o reflorestamento.

A biomassa é também renovável, pois toda a sua energia é obtida de processos biológicos naturais. Ou seja, se ela não for utilizada pelos humanos, acaba retornando ao ambiente.

Por fim, a fonte energética é sustentável, já que a sua queima em caldeiras provoca, dentre outros gases, a liberação de dióxido de carbono na atmosfera. 

Entretanto, esse composto é previamente absorvido pelas plantas que originam o combustível, resultando no balanço de emissões de CO2 nulo.

3. O Brasil possui grande potencial de produção de energia

Produção de energia no Brasil

Com alta produção agrícola e florestal, o Brasil naturalmente é um dos principais players em sustentabilidade energética, com destaque mundial na utilização da biomassa.

O território nacional possui condições favoráveis para a produção de energias limpas. As áreas agricultáveis recebem radiação solar intensa e chuvas regulares. 

Os números provam a importância do Brasil na produção e uso da biomassa como fonte energética!

Em 2022, a produção de bioeletricidade de biomassa em geral para a rede elétrica atingiu 25,5 mil GWh, representando 4,3% da geração total produzida no país, conforme levantamento divulgado pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar e Bioenergia (Unica).

Sem considerar a parcela da produção de bioeletricidade para o autoconsumo industrial, a geração ocupou a 3ª posição na matriz de oferta de energia à rede em 2022. 

O crescimento foi de 0,5% em relação ao ano de 2021, resultando numa oferta que superou a produção energética das térmicas a gás, cuja produção para a rede foi de 22.826 GWh em 2022.

4. Boas biomassas nem sempre são as mais eficientes do ponto de vista econômico

As indústrias que usam caldeiras a biomassa priorizam a máxima eficiência no uso desse combustível. Para isso, optam pelo melhor combustível.

Entretanto, quanto mais eficiente é o combustível, mais caro ele será. Isso eleva o custo para gerar energia, inviabilizando, por vezes, usar apenas este insumo. Por isso, é essencial tomar alguns cuidados na escolha da biomassa utilizada.

Aqui vale uma curiosidade: pode ser muito mais vantajoso queimar uma mistura de combustíveis do que um único combustível de melhor qualidade, como visto no exemplo da tabela abaixo.

Tabela de eficiência de diferentes tipos de biomassa.

Na tabela é possível visualizar que o combustível 1 possui alta eficiência, porém o custo da tonelada do vapor gerado a partir dele é também mais elevado.

No entanto, verifica-se que, mesmo caindo a eficiência da caldeira, em decorrência de uma mistura de combustíveis, o custo torna-se mais vantajoso.

Neste exemplo hipotético, vemos que as três misturas de combustíveis apresentam praticamente a mesma eficiência, mas o custo é mais vantajoso quando é adotada a mistura de 51% do combustível 1 e 49% do combustível 2, que possui uma densidade de 500 kg/m3.

Assim, além da eficiência de cada combustível, vale observar seus custos, já que estes têm grande importância no uso da biomassa na produção de energia.

Saiba mais no vídeo, com Rodrigo Lorensetti, engenheiro e diretor da COONTROL:

Neste sentido, vale conhecer as funcionalidades do SMB300, da COONTROL. Composto por avançados sistemas on-line de medição de peso, volume e umidade, este sistema permite aferir a qualidade da biomassa, possibilitando um efetivo controle da eficiência energética da caldeira.

Acesse e conheça o sistema de medição de biomassa da COONTROL!

Quer mais detalhes sobre o uso de caldeiras? Então convidamos você a conferir qual é a importância da biomassa para a indústria 4.0.

4.3/5 - (10 votes)

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.