aspectos energéticos da biomassa

Produtos energéticos da biomassa e o potencial sustentável do Brasil

O crescimento e o desenvolvimento atual da sociedade exigem o uso de tecnologias que estejam cada vez mais relacionadas ao desenvolvimento sustentável da produção energética. Neste cenário, a adoção de produtos energéticos da biomassa vem sendo um desafio que as empresas precisam se preocupar.

Assim, para que haja um avanço sustentável, que incorpore eficiência econômica, social e ambiental, as fontes renováveis de energia, caso dos produtos energéticos da biomassa, representam a alternativa mais interessante para geração energética sustentável das empresas.

No Brasil, a biomassa tem um potencial energético de produção bastante elevado, com um vasto mercado a ser explorado para geração de energia, principalmente através dos resíduos dos produtos cultivados pela nossa agricultura, que podem deixar de ser desperdiçados, passando a receber um novo destino.

Veja quais são os benefícios dos produtos energéticos da biomassa no Brasil e saiba qual é o potencial do país no uso dessa fonte energética.

Matriz energética brasileira: maior participação das fontes renováveis

Nos últimos anos, as discussões em torno da importância da renovação da matriz energética em todo o mundo tem sido cada vez mais recorrentes. Mas, comparado à muitos países, o Brasil tem uma posição de destaque.

Na maior parte do planeta, a matriz energética é composta, principalmente, por fontes não renováveis, como o carvão, petróleo e gás natural. Entretanto, a matriz energética do Brasil é muito diferente da mundial.

No país, apesar do consumo de energia de fontes não renováveis ser ainda maior do que o de renováveis, usamos mais fontes renováveis que boa parte do mundo. Os produtos energéticos da Biomassa, por exemplo, são responsáveis por pouco mais de 9% da eletricidade consumida no país.

Neste cenário, os produtos energéticos da biomassa são fundamentais para o desenvolvimento de novas alternativas energéticas no Brasil. Suas matérias-primas já são empregadas na fabricação de vários biocombustíveis, como o biodiesel e biogás, além de ser o principal combustível utilizado em caldeiras industriais mais modernas, responsável pela combustão e geração de energia térmica em muitos processos.

Por que investir em produtos energéticos da biomassa no Brasil?

Os recursos mundiais de produtos energéticos da biomassa são enormes, com essa energia renovável sendo uma das fontes para produção de energia com maior potencial de crescimento nos próximos anos, principalmente porque a quantidade estimada de biomassa existente na Terra é da ordem de 1,8 trilhão de toneladas.

Especificamente para o Brasil, o uso das fontes energéticas de biomassa possui vantagens significativas, principalmente por:

  • Diversificar a matriz energética brasileira, reduzindo a dependência externa do país com relação aos combustíveis fósseis (petróleo e gás natural);
  • Contribuir para um desenvolvimento mais sustentável do país, em particular com a utilização de mão de obra local na produção da biomassa, principalmente na zona rural. Isso pode, inclusive, colaborar na garantia de suprimento de energia a comunidades isoladas do país, principalmente nas regiões Norte e Centro-oeste;
  • Permitir que indústrias alcancem vantagens ambientais quando comparada aos combustíveis fósseis, principalmente em termos de emissões de gases do efeito estufa.

Além disso, a biomassa se configura como uma matéria-prima relativamente barata em comparação com outras formas de energia. É também uma fonte produzida regionalmente, portanto, colabora com a geração de receitas regionais.

Esse potencial dos produtos energéticos da biomassa torna-se ainda mais expressivo em razão do avanço tecnológico dos equipamentos de combustão, que permitem maior eficiência e melhor aproveitamento da biomassa como fonte energética.

Calculadora da eficiência da caldeira indCalculadora da eficiência da caldeira industrial | COONTROLustrial | COONTROL

O avanço tecnológico vem ocorrendo também com a capacidade das empresas adotarem soluções que possibilitam melhor aproveitamento desta matéria-prima. Um exemplo são os analisadores de gases da combustão que permitem uma tomada de decisão muito mais assertiva. Com isso, as empresas se sentem mais estimuladas a investir em produtos energéticos da biomassa.

[catálogo] Baixe nosso material e conheça toda nossa linha de equipamentos como analisadores de gases, sistemas de medição e monitoramento instantâneo dos indicadores de processo, todos voltados para a entrega de eficiência energética a indústrias. | COONTROL

Sustentabilidade da biomassa: aspectos sociais, ambientais e econômicos

Os diversos produtos energéticos da biomassa podem ser obtidos de forma vasta, tanto na forma direta, quanto indireta. Mas sua maior utilização passa essencialmente pela conquista sustentável, com ganhos nos aspectos ambientais, econômicos e sociais.

No aspecto ambiental o ganho ocorrerá por meio das menores emissões de gases causadores do efeito estufa. Isso porque a biomassa é utilizada na produção de energia a partir da combustão de material orgânico.

Sua queima naturalmente provoca liberação de dióxido de carbono na atmosfera, porém este composto foi previamente absorvido pelas plantas que deram origem ao combustível, com isso o balanço de emissões de CO2 se torna praticamente nulo, o que caracteriza a biomassa como uma fonte de energia limpa e renovável.

Além disso, a biomassa é menos poluente que muitas outras formas de energia, como a obtida a partir de combustíveis fósseis, corroborando as práticas incontestáveis de desenvolvimento sustentável.

Nos aspectos econômicos, tem-se que os produtos energéticos da biomassa são insumos de baixo custo com grande facilidade de encontrar no mercado. Tudo isso implica em um uso potencialmente maior e mais disseminado dessa forma de energia.

Outro aspecto econômico importante que merece destaque é a possibilidade de venda de Créditos de Carbono, conquistada pela redução das emissões de gases do efeito estufa.

Por fim, os aspectos sociais do uso dos produtos energéticos da biomassa relacionam-se à contribuição do desenvolvimento regional, principalmente de comunidades menos favorecidas.

Como falamos a biomassa é uma fonte produzida regionalmente. Essa característica tende a promover o desenvolvimento de regiões menos favorecidas economicamente, com a criação de empregos e da geração de receita, reduzindo o problema do êxodo rural e a dependência externa de energia.

Outra vantagem social significativa é a substituição dos combustíveis fósseis pela biomassa, que ocasiona uma diminuição da emissão de gases tóxicos e poluentes, com consequente redução de gastos públicos no setor da saúde coletiva.

Por fim, as diferentes formas de biomassa representam um dos grandes alicerces da Indústria 4.0. Afinal é inviável adotar todo o conceito dessa quarta revolução industrial sem ponderar medidas sustentáveis na geração de energia, e a biomassa é uma das protagonistas nesse sentido.

Quer saber mais sobre a relação entre a biomassa e a indústria 4.0? Veja nosso post sobre o tema e saiba muito mais.

5/5 - (1 vote)

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.