Emissões atmosféricas: relação combustível e emissão de gases

Emissões atmosféricas: Entenda a relação tipo de combustível x emissão de gases

Nas últimas décadas, diversos países vêm adotando ações para mitigar emissões atmosféricas ao meio ambiente. Neste cenário, a regulamentação tem um papel vital na definição de metas e padrões que fomentam o desenvolvimento tecnológico, essencialmente do setor industrial.

As emissões atmosféricas estão relacionadas à emissão de particulado, de CO², CO, hidrocarbonetos, SO² e NOx. Estes gases têm importância, pois são grandes causadores de efeito estufa e de chuva ácida.

Uma caldeira industrial tem também sua importância nesse contexto, já que dependendo do combustível utilizado e da regulação desse equipamento, maiores ou menores serão as emissões desses gases.

Emissões atmosféricas são diferentes de acordo com o combustível utilizado

As atividades industriais que fazem uso de caldeiras para geração de calor têm à disposição uma variedade bastante grande de combustíveis.

E de acordo com o tipo do combustível, a preocupação da indústria com as emissões atmosféricas será também diferente, pois cada combustível terá a sua emissão específica de gases à atmosfera.

Combustíveis gasosos

Combustíveis que são a base de gases, como é o caso do gás natural, não são uma preocupação no caso da emissão de particulados, entretanto há um risco bastante grande da formação de NOx, sendo esse o precursor da chuva ácida, o que é altamente indesejável.

Além disso, queimadores desregulados indicarão elevação na perda da eficiência da caldeira. Duas situações explicam esse fato.

A primeira situação é a falta de oxigênio no processo de queima do combustível, fazendo com que a emissão de monóxido de carbono (CO) seja muito alta. Por outro lado, pode existir a emissão atmosférica de oxigênio residual, em decorrência de uma combustão muito alta (excesso de ar).

Óleos combustíveis

Os óleos combustíveis podem apresentar as mesmas emissões de gases (CO, NOx, SOx), porém podem emitir fumaça preta e material particulado de baixa granulometria, o que dificulta a retenção por sistemas de filtragem mecânica.

Os óleos combustíveis apresentam também a mesma relação com o O², podendo ocasionar ineficiência na combustão (O² alto) ou emissões altas de CO (O² baixo).

Combustíveis de biomassa

A biomassa tem alto risco na formação de CO ou excesso de ar bastante elevados, resultando em perda de eficiência e consequentemente aumento de custos na geração de vapor, além de um alto impacto ambiental.

A combustão da biomassa gera ainda elevado volume de material particulado que também é uma fonte poluidora do meio ambiente bastante importante.

Além disso, a umidade da biomassa tem relação direta com as emissões atmosféricas. Biomassas muito secas, caso dos resíduos agrícolas, podem ajudar na formação de NOx em excesso, mas a formação de SOx geralmente é baixa, visto que a concentração de enxofre na biomassa, via de regra, é baixa.

Calculadora da eficiência da caldeira indCalculadora da eficiência da caldeira industrial | COONTROLustrial | COONTROL

Por isso independentemente do combustível adotado, a indústria que faz uso de caldeiras e geradores de vapor deve sempre atender os requisitos previstos na regulamentação, se adequando às exigências e reduzir as emissões atmosféricas danosas ao meio ambiente.

Baixe nosso material e conheça toda nossa linha de equipamentos como analisadores de gases, sistemas de medição e monitoramento instantâneo dos indicadores de processo, todos voltados para a entrega de eficiência energética a indústrias. | COONTROL

Cada estado tem sua regulamentação específica quanto às emissões atmosféricas

Para reduzir as emissões atmosféricas de gases danosos ao meio ambiente, toda indústria deve atender as regulamentações previstas em lei, sejam elas estaduais ou federal.

No âmbito federal, a instância regulamentadora das emissões atmosféricas é o Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA), que por meio de suas resoluções determinam os limites máximos de emissões de poluentes.

Mas, no que diz respeito aos limites das emissões geradas por indústrias, os órgãos estaduais do meio ambiente têm grande participação na edição das resoluções.

Os estados têm um papel preponderante no licenciamento e na fiscalização destas atividades, pois tem um conhecimento empírico que detém da realidade de seus territórios.

Alguns estados, inclusive, podem ter regulamentações ainda mais rígidas do que as regulamentadas pela legislação federal. Alguns dos órgãos reguladores estaduais são:

  • Ima – Santa Catarina;
  • Fepam – Rio Grande do Sul;
  • IAP – Paraná;
  • CETESB – São Paulo

Estas resoluções alinharam o país com o que há de mais avançado em termos de limites de emissão de poluentes, qualidade do ar e proteção do meio ambiente e da saúde humana em todo o planeta.

Coontrol: controle as emissões atmosféricas de uma forma mais fácil

Como vimos, as emissões atmosféricas variam de acordo com o tipo de combustível utilizado e isso é motivo de preocupação das indústrias.

Mas, para atingir essas as regulamentações estaduais e federal o setor industrial precisa adotar algumas medidas para controlar a emissão excessiva de poluentes na atmosfera:

  • Operar com os equipamentos dentro da capacidade nominal;
  • Melhorar a operação e a manutenção de equipamentos;
  • Ponderar a mudança de combustíveis visando a máxima eficiência energética;

Além disso, há a possibilidade de uso de dispositivos que analisam os gases de combustão durante a queima, reduzindo assim emissões atmosféricas em excesso.

Esse é o caso dos analisadores de gases da COONTROL. Estes sistemas oferecem maior precisão na leitura de gases da combustão, possibilitando melhorias na relação ar/combustível durante a queima, proporcionando economia de combustível e ajudando na tomada de decisão para redução de emissões atmosféricas danosas ao meio ambiente.

Quer saber mais sobre esse tema? Então entenda o que são os poluentes atmosféricos e conheça seus riscos.

5/5 - (1 vote)

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.