Histórico-do-uso-da-biomassa-no-Brasil

Histórico do uso da biomassa no Brasil e no mundo

O Brasil é um dos países que tem uma matriz energética bastante diversificada. Neste contexto, a energia da biomassa está em franca ascensão, tanto que já é a terceira fonte de energia mais utilizada no Brasil, com capacidade de ganhar cada vez mais espaço.

Responsável por aproximadamente 9% de toda a eletricidade consumida no país, essa forma de energia é aquela obtida pela queima e combustão de materiais orgânicos bastante diversos, tendo na cana-de-açúcar – para a produção de etanol – a fonte mais utilizada atualmente.

Apesar de ser bastante utilizada atualmente, a biomassa como fonte energética é bastante antiga, sendo datada desde a antiguidade para a produção do fogo. Mas com o avanço tecnológico seu aproveitamento de tornou muito mais eficaz.

Conheça a história da adoção da biomassa como fonte energética e veja como ela se tornou uma das fontes mais importantes para o futuro da matriz energética brasileira e mundial.

O que é biomassa e quais são seus principais tipos?

Antes de conhecermos todo o histórico da adoção da biomassa é importante que tenhamos maior conhecimento sobre o que é, de fato, essa fonte energética.

Basicamente, a biomassa é toda matéria orgânica que pode ser utilizada na produção de energia limpa, renovável e sem emissões de gases nocivos na atmosfera terrestre. Vale lembrar que nem toda a produção primária passa a incrementar a biomassa, já que parte dessa energia acumulada é empregada pelo ecossistema na sua própria manutenção.

O que é biomassa e quais são seus principais tipos?

Quanto aos tipos, várias foram as possibilidades dessa fonte energética ao longo da sua história. A primeira fonte de biomassa mais utilizada foi a lenha, que já representou 40% da produção energética primária no Brasil.

Atualmente, as fontes são bem mais diversificadas, tais como casca de arroz, resíduos de madeira, resíduos da agricultura e dejetos de animais. Também vem sendo utilizados os gases resultantes da decomposição ou incineração de lixo em usinas especializadas. Mas, sem dúvidas, o bagaço de cana-de-açúcar é a fonte energética mais comum, essencialmente no Brasil.

História da Biomassa: Desde os primórdios da humanidade

A biomassa começou a ser utilizada para geração de energia desde os primórdios da humanidade, através do uso da madeira para cocção, aquecimento e iluminação. Neste período e por muito tempo, a madeira foi a principal fonte energética utilizada pelo homem.

Mas a Revolução Industrial (final do século XVIII e início do século XIX) foi o evento mais marcante para o auge do consumo da biomassa, principalmente em virtude do uso da lenha na indústria siderúrgica, além de sua aplicação nos transportes.

Neste período, com o aparecimento das máquinas a vapor, esse combustível começou a ter papel primordial para obtenção de energia mecânica utilizada em diversos setores da indústria, principalmente a siderúrgica.

Calculadora da eficiência da caldeira indCalculadora da eficiência da caldeira industrial | COONTROLustrial | COONTROL

Mas, apesar de ser uma fonte muito utilizada na época, o aproveitamento da biomassa apresentava eficiência reduzida, devido às limitações dos equipamentos da época.

Essa baixa eficiência agregada à crescente utilização e maior eficiência da energia gerada a partir do carvão, petróleo e gás natural fizeram com que a biomassa perdesse sua liderança rapidamente. Sua utilização ficou, por muito tempo, reduzida praticamente às regiões agrícolas.

Crise do petróleo e ascensão das fontes de biomassa

A década de 70 é bastante representativa para a maior popularização dessa fonte energética “limpa”. Neste período descobriu-se que o petróleo não era uma fonte renovável e um dia iria acabar – era a primeira grande crise mundial do petróleo – com isso os preços dos barris de petróleo triplicaram!

Era necessário ponderar a diversificação dessa matriz energética, assim, a biomassa ganhou novamente os holofotes do setor industrial.

A partir da década de 80, muitas indústrias começaram a substituir o óleo por outras fontes, como a biomassa. Os equipamentos para o uso e queima dessas fontes também evoluíram significativamente em eficiência.

Outra grande fatia do uso da biomassa como fonte energética ocorreu com bastante eficácia no Brasil, por meio da produção de álcool a partir da cana de açúcar. Com investimentos estatais, esta tecnologia rapidamente foi desenvolvida.

Este setor também começou a ser explorado na década de 70. Na época, o país tinha a necessidade de diminuir sua dependência externa de energia, principalmente petróleo, que era sujeito a oscilações de preço no mercado internacional.

O uso da Biomassa na atualidade. E o que esperar do futuro?

Na sociedade atual a sustentabilidade está muito em pauta, sendo uma das grandes preocupações mundiais. Neste contexto, a biomassa tem e, continuará tendo, papel de protagonismo tanto em países desenvolvidos quanto em desenvolvimento.

Assim, diversos estudos, em amplos aspectos, são realizados. Estes estudos se baseiam no aperfeiçoamento das tecnologias de conversão da biomassa em energia, além do uso de novas possibilidades e variedades, caso do etanol de segunda geração e do uso de dejetos urbanos.

O uso da Biomassa na atualidade. E o que esperar do futuro?Neste contexto, o alto custo da transformação da biomassa em energia pode ainda ser um fator de desestímulo, por isso é preciso diminui-los. Mas já há diversas ações que indicam que a biomassa pode representar o principal elemento capaz de tornar a matriz energética mais sustentável.

Uma dessas ações é a evolução tecnológica, que com o uso de modernas caldeiras, turbinas e queimadores proporcionarão maior quantidade de energia gerada com a mesma quantidade de combustível, aumentando significativamente a eficiência.

Além disso, já há vastos investimentos no desenvolvimento de tecnologias para a conversão energética deste combustível através de processos como a pirólise, gasificação, combustão e co-combustão. Estes certamente já estão promovendo aumento da eficiência do uso desta fonte combustível, tornando a matriz energética mundial mais sustentável e limpa.

Gostou deste conteúdo? Então aproveite e confira nosso site

4.4/5 - (7 votes)

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.